domingo, 23 de outubro de 2016

Flores da Primavera

São
Sonhos complicados de entender
Numa imensidade feito o mar
Eles são
Todos habitantes sem um lar

Dão
Som de propriedade desigual
Qual dos meus sentidos é normal?
Eles são
Flores num presságio em espiral


Ei
Roube um pedaço lá do céu
Onde nós possamos nos deitar
Como não?
Qual a nossa chance de ganhar?

Som
Suba na carroça de cristal
Tente não me ver com lucidez
Ouça o som
Acho que agora é sua vez

Bom
Ela não me viu quando eu passei
Nem ouviu o som do bandolim
E então
O que será que há dentro de mim?

Não...
Ela só aplaude quando quer
O universo e a imaginação
No meu tom
Eles cantam a mesma canção


Élio Braga.

Um comentário:

  1. Wow. <3 Love it.It sounds like song lyrics.Please do a sooong.

    ResponderExcluir